Grêmio vai carregar o Laghetto nas costas até dezembro de 201

 
Na manhã de hoje, em Porto Alegre, a rede Laghetto firmou parceria com o Grêmio Foot Ball Porto Alegrense para ostentar sua marca nas camisas do time principal, a partir de agosto deste ano até dezembro de 2019. Alem disso, a marca Laghetto estará exposta no centro de treinamento, nos canais eletrônicos e nos impressos. A partir de 2018, a marca estará em todas as camisas do Grêmio vendidas pela Umbro, seu patrocinador de camisas.
Segundo o Executivo do Grêmio, Beto Carvalho, 8 milhões de fãs gremistas poderão adquirir camisas com a nova marca. Segundo o Diretor Executivo da Laghetto,  Diego Cáceres, “os gremistas tambem poderão ganhar 15% de desconto em todas as unidades da rede hoteleira, nas cidades de Gramado, Canela, Bento Gonçalves, Porto Alegre e Rio de Janeiro“. 
O time e a comissão técnica do clube vão se hospedar nos hotéis da marca em Porto Alegre nas datas de jogos na Arena e, nas pré-temporadas, em hoteis da rede onde seja mais propício. No Hotel Laghetto Viverone Moinhos da capital, o clube utilizará tambem as salas de eventos durante as concentrações. Plínio Ghisleni, Presidente da rede estava emocionado: não por coincidência, a partir de hoje o Grêmio vai passar um bom tempo na Sala Lupicínio Rodrigues, uma homenagem dos hoteleiros ao autor do hino gremista, que diz ‘com o Grêmio, onde o Grêmio estiver’. Em todos os sentidos, acreditamos que o Grêmio está em boa companhia
As marcas Laghetto estão de olho no quadro de associados do Grêmio, cujos sócios poderão se hospedar bem perto dos seus ídolos. As gerências comerciais já estão se movimentando para criar facilidades e promoções para a torcida, como transfers, ingressos e passeios na cidade, agregados ao ato de torcer. Hotelaria e esportes podem representar boas oportunidades de negócios para destinos que queiram investir na recepção de visitantes.
__________________________
FrontDesk é um boletim informativo com assuntos de interesse da Cadeia Produtiva do Turismo do Sul do Brasil, enviado para 26.303 endereços.
Envie-nos sua opinião ou informação para o e-mail: 
frontdesk@frontdesk.tur.br
Editores: Renato Brenol Andrade & José Justo 54 999 143 117
Anúncios

Não confunda muçulmano com terrorista

História

ISLAMISMO – religião monoteísta (século VII – criada por Maomé).
Muçulmano – apenas sinônimo.
Deus é ALAH.(Maomé o porta-voz).
OBS: etnia – árabe. Ex: iraquianos, egípcios, marroquinos, palestinos, sauditas, etc.)

Alah, (o Criador), ao qual todos devem demonstrar “submissão” (em árabe, Islã).

Maomé casou-se com Cadija, pregando o MONOTEISMO em época de politeismo. Maomé sabia que seria perseguido pelos aristocratas se tentasse mudar os costumes. Fugiu  (hégira – 622 dC) de Meca para Medina (à época Yathrib). A hégira  tornou-se a data inicial da nova religião e o ano zero do calendário muçulmano.
Instalou sua Comunidade Muçulmana (UMMAH).
Maomé não demorou para provar que era um dos grandes líderes da História. Em dez anos subjugou Meca e todas as tribos de Hijaz (região árabe).
Em 632, morreu Maomé, desencadeando uma disputa pela sua sucessão como líder dos muçulmanos, ou califa.
Califa é um título atribuído ao líder religioso da comunidade islâmica, considerado pelos muçulmanos como um dos sucessores do profeta Maomé.
A palavra “califa” é derivada de khalifa, versão abreviada de khalifatu rasulil-lah, expressão que significa “Sucessor do Mensageiro de Deus”.

O califa é o chefe máximo de um califado, que consiste numa espécie de sistema de governo dos muçulmanos que se baseia nas leis islâmicas (sharia).

Os califas representam a maior autoridade jurídica, política, militar, social e religiosa dentro de seus califados. Comparativamente, um califa pode ser considerado um tipo de imperador, sob a ótica do mundo ocidental.

SUCESSÃO:

Sunitas – (sunas – caminho trilhado):
Abu Bakr(tio – sogro) – 
foi declarado sucessor de Maomé por grupo de muçulmanos, e são conhecidos como sunitas. Seguem apenas aquilo que Maomé determinou ao longo de sua vida.
Constituem 85% dos muçulmanos.
[(Suna (compilação dos ensinamentos de Maomé)  – Sunitas (seguidores da suna).]


Xiitas – [(shiat ali (partido de Ali)] –
muitos muçulmanos preferiram apoiar Ali ibn Abu Talib, primo e genro de Maomé (casado com Fátima, filha).
Os que apoiaram Ali passaram a ser chamados de “xiitas”, de Shiat Ali (“Partido de Ali”).

(Existem muitas subdivisões).

  1. Após várias dinastias de califados que comandaram o mundo islâmico, o título de califa foi oficialmente abolido quando o Império Otomano foi desfeito pela República da Turquia, em 1924.

    Em 2014, um grupo dejihadistas sunitas anunciou a criação de um califado na região que ficou conhecida por Estado Islâmico (entre a Síria e o Iraque), sob o comando do califa Abu Bakr al-Baghdadi.
    .-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.

  2. Jihad
    1 – guerra santa muçulmana; luta armada contra os infiéis e inimigos do Islã.

2 – dever religioso dos muçulmanos de defender o Islã através de luta [Pode ser cumprido, doutrinariamente falando, de quatro formas: pelo coração, purificando-se espiritualmente na luta contra o diabo; pela língua e pelas mãos, difundindo palavras e comportamentos que defendam o que é bom e corrijam o errado; ou pela espada, praticando a guerra física.].

Sharia.

Sharia é o código de leis do islamismo. Em várias sociedades islâmicas atuais, ao contrário da maioria dos países ocidentais, não há uma separação clara entre a religião e o Estado ou entre a religião e a justiça. Todas as leis, ou a maioria delas, são religiosas e têm como base o Alcorão e as opiniões dos líderes religiosos. Existe, porém, uma imensa diferença na interpretação e implementação da lei islâmica nas sociedades muçulmanas.
.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.

ATENÇÃO

Hoje, a mais perigosa ideologia existente no mundo é o islamismo, surgida no Estado Islâmico.

A ideologia islamista não equivale à religião islâmica ou muçulmana como tal. O islamismo é uma forma radical e violenta do islã.

Assim como o fascismo e o comunismo, o islamismo é:

  • totalitário por natureza (quer controlar tudo e todos);
  • expansionista (quer crescer e submeter o máximo possível de pessoas ao seu controle);
  • extremamente violento (disposto a matar quem quer que se oponha a ele).

O islamismo se opõe à liberdade:

  • de pensamento e de expressão;
  • de iniciativa, empreendedorismo e mercado;
  • de religião – ou de não praticar religião alguma;
  • de reunião e de associação;
  • de imprensa.

O islamismo se opõe aos direitos humanos e não hesita em destruí-los nos lugares em que se implanta.

O islamismo rejeita o princípio da total separação entre a religião e o Estado. Em sua visão, um governo só é legítimo se estiver sujeito às leis religiosas, que, no caso, são as da sharia.

A sharia, ou lei islâmica, se baseia nos ensinamentos do Corão (o livro sagrado islâmico) e da Suna (a compilação das palavras e atos atribuídos a Maomé). Na interpretação islamista da sharia, entre outras coisas:

  • toda pessoa nascida muçulmana deve permanecer muçulmana: caso se converta a outra religião, deve ser executada;
  • adúlteros devem ser apedrejados até a morte;
  • quem insulta o islã ou Maomé deve ser açoitado severamente ou executado;
  • a poligamia masculina é aceita, assim como o casamento infantil.

Essa interpretação islamista da sharia é posta em prática, entre outros países, no Irã, no Sudão, na Arábia Saudita e em partes da Nigéria, do Iraque, do Paquistão, do Afeganistão e da Síria.

O islamismo quer, no entanto, que o mundo inteiro seja submetido à sharia e considera que qualquer um que se oponha ao seu expansionismo é “o inimigo” e deve ser destruído.

QUANTOS ISLAMISTAS HÁ NO MUNDO?

Levando em conta que há cerca de 1,5 bilhão de muçulmanos no planeta, se 10% deles forem favoráveis à aplicação de tais princípios extremistas, poderemos estimar em assombrosos 150 milhões o número de islamistas “teóricos”.
Desta quantidade, é preciso calcular quantos estarão dispostos a apoiar o islamismo não apenas de palavra, mas também com ações violentas, o que, na prática, significa concordar com o terrorismo perpetrado por grupos como o Estado Islâmico, a Al-Qaeda, o Talibã, o Hamas, o Hezbollah, o Boko Haram, o Al-Shabaab. Imaginemos que 2% dos 150 milhões de islamistas “de palavra” sejam islamistas “de fato”: teremos assim 3 milhões de pessoas – ou seja, 3 milhões de terroristas potenciais.


O PERIGO DA GENERALIZAÇÃO RADICAL

Diante deste panorama preocupante, é crucial não cairmos nós próprios no radicalismo de generalizar, esquecendo que uma coisa é a ideologia islamista e outra coisa é a religião muçulmana.

Há grandes diferenças entre os muçulmanos comuns e os grupos radicalizados pela ideologia islamista (principalmente, jovens perturbados em todo mundo).
E o primeiro passo é entendermos de que se trata, com objetividade e sem generalizações… extremistas.

 

 

 

 

ABEOC Rio Grande do Sul tem nova presidente

Tomou posse, a nova presidente da ABEOC RS, Luciane Brentano Pacheco. “Ao assumir a presidência, minha intenção é dar continuidade aos projetos já iniciados pelo ex-presidente, Maurício Cavichion, que agora preside o Porto Alegre Convention & Visitors Bureau”, afirmou Luciane. Ela destacou que uma de suas prioridades é fortalecer cada vez mais a entidade e focar na integração do Rio Grande do Sul para tratar as questões relacionadas ao turismo de negócios.
__________________________________
FrontDesk é um boletim informativo com assuntos de interesse da Cadeia Produtiva do Turismo do Sul do Brasil, enviado para 26.104 endereços.
Envie-nos sua opinião ou informação para o e-mail:frontdesk@frontdesk.tur.br
Editores: Renato Brenol Andrade & José Justo 54 999 143 117

ACCOR E SULGÁS em reunião com Hotelaria amanhã

Agende:

WORKSHOP e Reunião Almoço da ABIH RS
Local: Novotel Tres Figueiras – Rua
Soledade, 515 – Travessa da Av. Carlos Gomes – Porto Alegre
Horário: a partir das 11 horas.
Reservas: pelo telefone 51 3227,4603

A associação dos hoteleiros do estado realizará duas palestras antes da sua tradicional reunião-almoço da última quinta-feira de cada mês:
a primeira versando sobre Eficiência Energética com os auspícios da distribuidora estatal de gás natural e
a segunda com o Diretor de Desenvolvimento da ACCOR, Eduardo Camargo.

SULGÁS
A empresa estatal, uma associação entre a Petrobras e o Estado, está no mercado há quase vinte anos e tem folha de serviços interessante
e um produto altamente promissor quando o assunto é sustentabilidade ambiental e economia de dinheiro.
Guilherme Garcez Cabral é engenheiro, responsável técnico pelo mercado da empresa e mostrará as diferenças de valores e as facilidades operacionais para o uso do gás natural na hotelaria e em condomínios.

ACCOR
A francesa é a mais exuberante marca hoteleira instalada no país, com suas bandeiras abrangendo desde o padrão super econômico ao super luxo..
Sua posição no ranking nacional faz dela “marca predominante por representar, sozinha, aglomerado maior que as cinco maiores depois dela. “Para
onde a ACCOR aponta sua proa, todos viram as suas velas e a seguem”, em uma definição lógica, nas palavras do consultor português Luis Coelho.
Eduardo Camargo, Diretor de Desenvolvimento Brasil, apresentará o horizonte da empresa para os próximos anos no Brasil, dentro do cenário que se apresenta, pensando no pós crise e na premissa que hotel é investimento de longo prazo.
Segundo José
Reinaldo Ritter, presidente da ABIH RS, a apresentação do Eduardo Camargo é imperdível por ser a sinalização da ACCOR que, por sua predominância, direciona o mercado”.
——————————————————————————–
FrontDesk é um boletim informativo com assuntos de interesse da Cadeia Produtiva do Turismo do Sul do Brasil, enviado para 24.559
endereços.
Envie-nos sua opinião ou informação para o e-mail: frontdesk@frontdesk.tur.br
Editores: Renato Brenol Andrade & José Justo 54 9914.3117

Gramado é a 3ª cidade que mais recebe turistas

Rio Quente é a cidade com o maior impacto de visitantes em relação ao número de habitantes,
sendo superior em 304 vezes (por Gustavo Henrique Braga).

Alguns dos municípios mais procurados por turistas no Brasil, em 2015, receberam visitantes dezenas de vezes superior ao número de moradores. A conclusão é de um estudo feito pela Geofusion, empresa especializada em inteligência geográfica. O impacto dos visitantes é ainda maior nas cidades pequenas, como Rio Quente (GO) que recebeu uma quantidade de turistas 304 vezes superior aos quase 4 mil habitantes. Segundo o levantamento, em 65 cidades brasileiras a
quantidade de visitantes ultrapassa em mais de 10 vezes a de moradores.

Em segundo lugar na lista aparece Fernando de Noronha, em Pernambuco. A ilha recebeu 209,8 mil
turistas em 2015, número 73 vezes maior que os quase 3 mil habitantes locais. Na
sequência está Gramado (RS), com quase 1,5 milhão de turistas ou 44 vezes a
população local de 34 mil moradores. Para essas cidades, o turismo é o principal vetor da economia local com oportunidades de negócios em diversos setores, como alimentação, hospedagem, transporte e comércio.

“Esses números comprovam a importância dos investimentos para a melhoria de infraestrutura desses lugares. Dessa forma é possível garantir serviços públicos de qualidade que suportem as necessidades dos visitantes sem prejudicar o meio ambiente nem a qualidade de vida dos moradores dos municípios ou a experiência do turista”, avalia o ministro do Turismo interino, Alberto Alves

Por isso, apenas em Rio Quente, o Ministério do Turismo investiu cerca de R$ 2,6 milhões em obras de
infraestrutura turística que já estão concluídas. Entre elas estão construção e pavimentação de calçadas, além de iluminação e sinalização específica voltada aos visitantes. Em Fernando de Noronha o investimento é ainda maior: R$ 3,9 milhões em obras de infraestrutura que já foram concluídas.

Já em Gramado foram aproximadamente R$ 4,5 milhões em recursos do MTur para infraestrutura turística
de obras já concluídas e outros R$ 20,9 milhões em obras em andamento no município gaúcho. Entre as principais obras estão a revitalização da Avenida Borges de Medeiros e a implantação de projeto de infraestrutura no Parque dos Pinheiros.

Fonte: Geofusion
_________________________________________________________________________
FrontDesk é um boletim informativo com assuntos de
interesse da Cadeia Produtiva do Turismo do Sul do Brasil, enviado para 24.567 endereços.
Envie-nos sua opinião ou informação para o e-mail: frontdesk@frontdesk.tur.br
Editores: Renato Brenol Andrade & José Justo 54 9914.3117

Gramado dirá “o que deixa você feliz”.

A Região das Hortênsias na Serra Gaucha, ao longo da qual estão as cidades de Gramado e Canela, pode ser chamada
de Cluster da Felicidade, pois, vive e prospera em cima de um produto que já foidefinido como
“a máquina, ferramenta ou ciência de produzir felicidade”, que é o turismo.
Já tem até a Universidade da Felicidade e uma série de produtos associados a sorriso e prazer,
como neve, chocolate, música, cinema e vinho. E no próximo dia vinte de março, domingo, a praça será “só sorrisos” para
responder uma pergunta que não quer calar: “o que deixa você feliz?”

Agende:
Data:
20/03 das 10h às 17h
Promoção: Jornal Nosso Bem Estar
Hortênsias
Local: Em
Gramado, na Praça Major Nicoletti, ao lado da Rua Coberta.

Felicidade tem medida?

Em 2012, a Organização das Nações Unidas – ONU –definiu a data de 20 de março para o
Dia Internacional Da Felicidade, como é conhecido internacionalmente, que tem o objetivo
de comemorar a data através da reunião de pessoas e nações para meditarem sobre este tema e
refletir qual sua contribuição para a PAZ.
A proposta veio do Butão, um pequeno país do Himalaia que adotou como índice de desenvolvimento a Felicidade
Interna Bruta (FIB), focada no Bem Estar da população, enquanto o resto do mundo usa como parâmetro o Produto Interno Bruno
(PIB), cujo foco está no desempenho da Economia.

——————————————————————————–
FrontDesk é um boletim informativo com assuntos de
interesse da Cadeia Produtiva do Turismo do Sul do Brasil, enviado para 24.515
endereços.
Envie-nos sua opinião ou informação para o e-mail:
frontdesk@frontdesk.tur.br
Editores: Renato Brenol Andrade & José Justo 54 9914.3117